Colômbia- San Andres


14.jpg

Também conhecido como o mar de sete colores, e nem precisa de explicação quando você chega na ilha.

Lugar encantador, povo simples, mas muito hospitaleiro, uma beleza natural maravilhosa, falta um pouco de cuidado na cidade, a gente encontra muito lixo nas ruas, mas nem isso consegue diminuir a paisagem maravilhosa deste lugar.

Para chegar até San Andres fomos pela Copa Airlines, fazendo conexão no Panamá.

Antes de sair do Brasil, no balcão de check-in compramos a “tarjeta de turismo”, que custa R$ 96 reais, e é obrigatório para entrar na ilha.

Acredite, nem em Orlando existem tantos brasileiros, onde você vai, você encontra, acredito que por ser um destino barato e paradisíaco, se tornou a ilha queridinha do Brasil!


A moeda utilizada é o peso colombiano, levamos em dólares e trocamos na cidade. 1 dólar equivale aproximadamente 3050 pesos colombianos (02/2016), um pouco confuso, mas depois você começa a entender!

Ficamos em uma pousada maravilhosa, fomos super bem recepcionados pela dona Clara e seus “perros” (cachorros) de estimação, eles eram os recepcionistas do local, sempre que chegávamos do passeio e acordávamos eles estavam lá, muito fofos! Detalhe que fica há apenas 500 metros do aeroporto, fomos andando tranquilamente!



Não se preocupe com o idioma, eles falam o espanhol, mas entendem perfeitamente o “portunhol”.

A água da região não é 100% potável, então muitos hotéis a água é meio salgada, e em outros só tem água gelada, para nossa sorte no nosso a água era quente, mas não escapamos da água salgada, não é como a do mar, mas você sente aquele salgadinho, bem estranho!

A ilha é pequena, possui somente 27km de extensão, então você consegue realizar o trajeto inteiro de carrinho de golfe (bem lento), ou de Mulita, que nada mais é que um carrinho motorizado, alugamos por 120.000 COP o dia inteiro, e com certeza esse é um dos passeios que mais vale a pena!

Por que não utilizar transporte público? Segue a resposta:

Risco de Tétano!



Dar a volta na ilha é ser apresentado para as mais belas paisagens! Praias maravilhosas, piscinas naturais, e um mar de muitas cores!

Nossa primeira parada foi em West View, um parque que você paga 4.000 COP e tem direito a um pedaço de pão para alimentar os peixes, lá fica a La Piscinita, um mar azul, transparente e cheio de peixinhos, tão lindo que nem dá pra explicar! O lugar tem até 10 metros de profundidade, e para ter uma ideia da transparência da água, perdi meus óculos, e nós mostramos de lá de cima para o local e ele foi buscar, parada mais que obrigatória!

Não deixe de levar o Snorkel, lá no fundo tem uma estátua de Netuno (Deus dos mares) e uma atração que se chama “Aquanauta”, você desce com uma espécie de capacete, para tirar várias fotos no fundo do mar, não fizemos,  mais pareceu engraçado!

Para os mais corajosos, tem um trampolim para pular no mar, eu claro preferi somente observar e filmar o marido corajoso pulando!


 

Saindo de lá, passamos pelo Hojo Soprador, mas não paramos, por que um buraco na pedra que solta água com força não me chamou muito a atenção! Rs

Passamos pela praia de São Luis, paramos para umas fotos, não existe uma praia na ilha que não dê vontade de parar, todas são lindas, com águas transparentes e piscinas naturais.

Mas a cereja do bolo está mais para a frente, um dos lugares que mais gostei, que acredito que para quem tem tempo, vale passar um dia lá! A praia de Rocky Cay, tem uma pequena ilha, que você consegue atravessar andando e um navio naufragado, que aliás existem vários na ilha.

Mais uma vez, prepare o snorkel, tem muitos peixinhos nessa pequena ilha, e não deixe de comprar a sapatilha para andar na água, tem muitas pedras no mar, custa 13.000 COP aproximadamente.

Experimente as cervejas, que são quase o mesmo preço da água: Aguila e Clube Colômbia, experimente também o Coco Loko e a limonada de coco, não tem preço experimentar as bebidas locais com a visão de Rocky Cay!


No segundo dia, fomos de Jet boat para Johnny Cay, pegamos o pacote completo: Ilha de Johnny Cay, Acuario, Haynes Cay e almoço, que por sinal é bem típico da região: arroz de coco, pescado e batata doce, estava uma delícia! O pacote custou 60.000 COP.

Jet Boat


Mas já aviso, achei que andar de Buggy em Natal era passeio com emoção, mas emoção mesmo é andar de Jet Boat e descer dele! No dia anterior o vento estava muito forte, então o mar estava bem agitado, agora imagine você,  vários barcos chegando de uma única vez na ilha, o mar agitado e você tendo que descer rápido do barco que não para de mexer! Muita gente caindo e perdendo objetos, inclusive eu perdi meu chapéu! Na hora foi um verdadeiro filme de terror, mas acredite, vale a pena!

A ilha de Johnny Cay, é a que você consegue visualizar da praia do centro, uma pequena ilha, com água transparente, e como todas as águas do caribe a temperatura ideal para se refrescar! Passamos metade do dia nesta praia, achei pouco, queria ficar mais, até por que estava com medo de ter que subir de novo no barco rs


Mas quando cheguei no Acuario (se escreve assim), achei que deveríamos ter ido antes para lá! É um verdadeiro aquário mesmo! Água transparente, que mar lindo! Você esquece da hora, nadando no meio dos peixes e vendo as Raias! Alguns locais, fazem das raias atrações para os turistas, para tirar fotos com elas, dessa parte eu não gostei, acho que bonito mesmo é ver elas nadando, livres e soltas, sem intervenção humana!

Atravessamos também andando para a ilha de Haynes Cay, e me senti na Jamaica! A ilha é um verdadeiro tributo ao Bob Marley!


 

Não conseguimos fazer o passeio para Cayo Bolivar, quem tiver a oportunidade vá e nos conte, mas uma dica desde já, pague um pouco mais caro e vá de Catamarã, por que vi relatos de barcos que viraram no meio do mar, acabando com o passeio! E eu acredito mesmo! O passeio para Cayo Bolivar, dura 45 minutos, mas como é em alto mar, ele depende da liberação da Marinha, se o mar estiver agitado, esqueça!

Para quem curte umas comprinhas vai se acabar no centrinho! A ilha é livre de impostos, então perfumes, bebidas, maquiagens, tênis tem um preço excelente! Eu comparei com os preços do Dutty Free e realmente valem a pena! Pesquisamos bastante e tem uma rede excelente de perfumes e cosméticos que se chama Bervely Hills e Classic, preços diferenciados, muito bons! Você encontra uma loja da Victoria Secrets e Mac também!



Aproveitamos a praia do centro, claro que comparada as outras ela não é tão bonita, mas chega a ser um absurdo dizer isso de uma praia de um mar azul maravilhoso!

A praia principal se chama Spratt Bight, uma delícia ficar lá olhando o pessoal praticando kiteboarding!

Ahhh cuidado com os chapéus, o vento desse lugar costuma levar todos, também é uma atração ver as pessoas correndo atrás dos chapéus rs

Quando fui pra San Andres, me falaram para tomar cuidado com a comida, realmente eu passei mal, mas foi na volta, quando comi no aeroporto, todos os restaurantes que fomos foram excelentes, então vamos lá:

Para tomar café: O famoso Juan Valdez, tem um estilo parecido com a Starbucks, e servem umas tortas deliciosas. Tem um menos famoso que se chama OMA, dizem que os locais preferem esse, é muito bom, até trouxemos o café para casa!

Casablanca: é um hotel lindo no centro, todo branquinho, inclusive os garçons se vestem de branco, pedi um Fettucine Alfredo e meu esposo um Hambúrguer, ambos deliciosos!

Café Café: Um bistrô bem decorado, comemos a pizza, muito boa também!

Marguerita e Carbonara: Restaurante de massas, não é um dos melhores, gostoso, mas o atendimento é bem demorado!

Beer Station: Delicia de lugar! Cervejas variadas, melhor limonada de coco que tomei e um hambúrguer gourmet maravilhoso, e a vista para o mar, melhora mais ainda!

La Regatta: Lindo demais! Fica no píer, e você janta vendo as raias passarem, a decoração do lugar é única, com um estilo bem voltado ao Bob Marley, usam também garrafas de vinho como decoração e a comida é a melhor da ilha! Esse não pode deixar de ser incluído no roteiro jamais! Uma delícia!

Todos os dias no centro, tem pessoas dançando, cantando, tocando, é muito animado, bem divertido de passear!

San Andres foi amor à primeira vista! Esse pedacinho do Caribe está encantando muitos brasileiros e deixa sempre aquele gostinho de quero mais! Amei!