Itália- Roma


DSC03229.JPG

Roma é um verdadeiro livro de histórias a céu aberto, um parque de diversões para os amantes da arquitetura. A capital italiana, sempre movimentada, recebe muitos turistas durante todo o decorrer do ano, mas na semana santa (época em que fomos na ocasião), tudo se torna ainda mais caótico, muitas filas para os principais pontos, além do trânsito caótico da cidade.

Chegamos em Roma de carro, fizemos a rota de Zurique na Suiça até Roma que era o destino final, as estradas são impecáveis, paisagens maravilhosas, muitos pontos de parada, além do GPS funcionar perfeitamente, rodamos 1500 km e ele não errou uma rua sequer!!!!

Os hotéis na região são bem caros, então ficamos hospedados um pouco afastados do centro. Mas conseguimos fazer todos os passeios a pé, não esquecendo que a gente gosta muito de andar! Rs. Nos hospedamos no Beverly Hills Grand hotel, excelente hotel.

As ruas em Roma são estreitas, cheias de carros e motos, então não considero carro uma boa opção. Não chegamos a utilizar o transporte público, mas em minhas buscas, a maioria das pessoas consideram o ônibus o melhor meio de transporte de Roma, mas ainda assim, a melhor maneira é ficar próximo de tudo.

Então vamos lá, são inúmeros museus, igrejas, sítios históricos e praças para se conhecer. Ficamos 3 dias e consideramos pouco tempo, foi muito rápido e ficamos com aquele gostinho de quero mais, óbvio que vamos ter que voltar para aproveitar mais! Reserve um bom tênis, pegue um mapa no hotel, e use roupas confortáveis, por que no final do dia você estará exaustivamente cansado.

Nossa primeira parada foi na Fontana de Trevi, difícil foi conseguir uma foto nesta famosa fonte, por que estava repleta de turistas, não deixe de seguir a tradição de jogar uma moeda na fonte após um pedido. É lindíssima! Tente ir o final da tarde para vê-la iluminada.


Ali bem perto está o Partenon, considerado o templo de todos os deuses, músicos e artistas de rua se apresentam por ali, ouvimos até garota de Ipanema! O local é cercado de cafés, então é um bom lugar para uma pausa, para admirar a paisagem e descansar os pés! 






Conheça a Piazza di Spagna, um dos lugares mais vibrantes de Roma, onde fica localizada a igreja Trinita dei Monti, ali perto, para os que adoram compras, estão localizada as lojas de grife mais famosas do mundo.


Como sabemos, a maioria das pessoas que vão a Roma, vão para conhecer o menor estado independente do mundo, o Vaticano!

Lá você encontra a belíssima Basílica de São Pedro, no qual você não precisa ser católico para admirar a bela construção. A fachada foi construída por Michelangelo, logo que você entra, pode encontrar o túmulo do apóstolo Pedro, entre tantos outros tesouros e obras-primas. A entrada é gratuita, como fomos na semana santa, a fila estava quilométrica, mas até que anda bem rápido. Não se esqueça que para entrar em qualquer igreja católica na Europa, não se pode entrar de roupas sem manga e bermudas.


Não deixe de conhecer o Museu do Vaticano e Capela Sistina, para nosso azar, estava fechado quando fomos, devido as celebrações da semana santa, mas lá estão concentradas obras primas de grandes nomes da arte.  Os ingressos custam em torno de 16 euros, tente comprar com antecedência, devido à grande procura, a fila sempre é muito grande.

Para descansar um pouco, visite o Campo de Fiore, cercado de lojinhas de souvenires, cafés e restaurantes. Além de uma feira com barracas de frutas e azeites. A feira abre de segunda a sábado e vale a pena dar uma passada para conhecer.

As margens do Rio Tibre está o Castelo de Sant’ Angelo, atualmente o castelo se tornou um museu, no passado serviu para guardar os restos mortais do imperador.

Mas Roma não vive só de arte, para encontrar um pouco de natureza, faça um passeio pelo Parque Villa Borghese, lá você encontrará muito verde, belíssimas fontes e estátuas. Há opção de alugar bicicleta para conhecer toda a extensão do parque.


Mas o que realmente me chamou a atenção em Roma, foi o Coliseu, o verdadeiro símbolo do Império Romano, palco de combate entre gladiadores, e batalhas com animais.

Tente adquirir o ingresso com antecedência, pois também tem muita fila! O ingresso custa cerca de 12 euros. Você pode adquirir na entrada o tour guiado, com áudio em vários idiomas para entender melhor sobre a história das belas ruinas do Coliseu.


​Ao lado do Coliseu e Monte Palatino, existe uma outra atração imperdível de Roma, o Fórum Romano, é impressionante o Grau de conservação do local, as ruínas espalhadas , um dia foram centro da vida cívica e econômica de Roma.


Aproveite Roma, e claro, não deixe de aproveitar o que os Italianos fazem de melhor: as massas!!!! Lá você encontra cantinas espalhadas por todos os lugares, e é quase uma parada obrigatória para quem vai à Roma.

Esteja certo que ao visitar Roma, você encontrará muita história, arte e arquitetura.

Uma das cidades mais belas que pude conhecer e que deixou muita saudade devido ao pouco tempo que permanecemos, e por ser a última cidade de visitamos na nossa lua de mel!