Suiça- Interlaken


DSC02456.JPG

A Suíça é um dos países mais surpreendentes em que já estive!!!! 

Parece, de fato um país feito à mão, com os Alpes Suíços e os lagos de cor esmeralda estampando a paisagem.  Além de tudo funcionar perfeitamente, transporte público, limpeza, educação, realmente é difícil de imaginar que exista um lugar como a Suíça!

Chegamos lá de carro, vindo de Lucern, as estradas são tranquilas, o GPS funciona perfeitamente, e dá vontade de parar a cada 5 minutos para uma foto nova de tão bonita que é a paisagem!

Outra opção muito utilizada, são os trens que passam pelos Alpes, a visão também é deslumbrante, um verdadeiro ponto turístico, direto do vagão!

A Suíça é dividida em dois idiomas, parte fala Alemão e a outra parte Francês. Na cidade de Lugano, divisa com a Itália, eles também falam o Italiano, mas não é o principal idioma da cidade.

Fomos na parte Alemã, mas em todos os lugares, para nosso alívio, as pessoas falavam inglês rs

A Suíça apesar de fazer parte da Europa, não utiliza o Euro como moeda, o dinheiro utilizado são os Francos Suíços, nós conseguimos fazer a conversão nas casas de Câmbio aqui no Brasil mesmo.

O custo de vida lá é bem alto, então prepare o bolso, por que tudo é muito caro, acho que um dos lugares mais caros que já estive!

Chegamos em Interlaken no mês de abril, estava um friozinho gostoso, mas não é época de neve. Mas mesmo assim, as estações de Esqui estão perfeitas para os praticantes do esportes.

Interlaken é uma cidade entre os lagos, e cercado de montanhas cobertas de gelo na época em que fomos, o lago é azul turquesa e corta por toda a cidade.

Nos hospedamos no Chalet Swiss, um hotel muito aconchegante, de madeira, de frente para os Alpes, que tinha um restaurante que servia uma sopa deliciosa, e um ofurô que aproveitávamos todo final de tarde.

A cidade tem um pequeno centro, que você pode encontrar alguns restaurantes, que servem Fondue e a famosa Raclete, típica da Suíça, que nada mais é do que a mistura de queijos e batata, simplesmente delicioso, todo mundo que vai a Suíça precisa experimentar.

Não precisa nem dizer que os chocolates Suíços merecem ser apreciados, e por lá existem muitas casas de chocolates que você encontra de todos os tipos: decorados, simples, amargo, ao leite, chocolate quente, chocolate branco e ao leite, bombons, e você pode comprar por quilo também, uma verdadeira loucura! Para quem ama chocolate, está no lugar certo!

Você encontra muitas relojoarias, com os famosos relógios Suíços, uma verdadeira preciosidade para eles, muito influente na cultura. Tem de todos os preços, para todos os bolsos. Você encontra muitas lojas de souvenires, para comprar o famoso canivete Suíço ou as vaquinhas que são símbolo da Suíça.

Antes de conhecer os Alpes Suíços, aproveite o dia na cidade, você pode sentar próximo ao lago para ver os barquinhos passando, é simplesmente encantador.

Para explorar melhor a área dos Alpes e chegar às cidades de Wengen, Lauterbrunnen, Grindelwald e, inclusive, o Top of Europe, você pode ir de trem.

Nós resolvemos conhecer Grindelwald, mas fomos de carro. O caminho é cheio de curvas, a vista é maravilhosa, mas é uma boa opção para os dias em que não está nevando, pois pode se tornar um pouco mais perigoso com neve, para aqueles que não tem experiência de andar com corrente amarrada no pneu para não deslizar.

Quando você já acha que já foi surpreendido, você chega em Grindelwald, um pequeno vilarejo, muito frequentado por aqueles que adoram a prática de esqui.

Você chega até os alpes de teleférico, o passeio dura aproximadamente 30 minutos, é muito alto!

Foi a primeira vez que vi neve na vida, então será sempre aquele lugar que eu jamais vou esquecer! É incrível olhar para todos os lados e estar cercado de montanhas e neve!

Ver as pessoas esquiando, descendo a montanha, as crianças iniciando a prática e passear pela neve! Há pistas de esqui para todos os níveis de experiência.

Lá em cima ainda tem um restaurante todo de vidro, no qual almoçamos, foi incrível, a comida é boa, mas a vista é melhor ainda!

Para os mais “endinheirados”, vale um passeio de helicóptero!

De lá de cima você ainda consegue enxergar a pequena cidade, com suas casinhas de madeira, que mais parecem cenário de um filme.

Esse lugar precisa fazer parte da lista daqueles lugares que se precisar conhecer antes de morrer, para os viajantes, com certeza é um destino inesquecível e rico em belezas naturais.